Início / Nutrição / Super Alimentos. Será que existem? Qual é o seu impacto no nosso organismo?

Super Alimentos. Será que existem? Qual é o seu impacto no nosso organismo?

O termo “super alimento” está cada dia mais difundido na sociedade, no entanto gera opiniões sobre a sua definição ciêntifica, estando geralmente associado a alimentos de elevado teor nutricional com benefícios para a saúde.
No entanto é importante estar ciente de que eles não serão a “solução” para uma vida mais saudável, contudo podem auxiliar a atingi-la de forma mais eficiente. Um regime alimentar quando adequado, variado, pode em circunstâncias normais fornecer todos os nutrientes essenciais ao correto funcionamento do nosso organismo e à sua manutenção.

Face ao estilo de vida atual, à exposição a poluentes ambientais ou stress, muitas vezes não conseguimos obter todos os nutrientes necessários a esse funcionamento, sendo importante recorrer à suplementação alimentar, nomeadamente a alimentos mais ricos nutricionalmente em alguns compostos, denominados por isso de Super Alimentos. Esses alimentos são um conjunto de alimentos que contém teores superiores de fitonutrientes (nutrientes de origem vegetal) , com inúmeras vantagens para o organismo.
Estes alimentos são então riquissímos em vitaminas, minerais, aminoàcidos, àcidos gordos essenciais e antioxidantes, o que permite uma melhoria significativa da sua disponibilidade para o organismo, atingindo mais facilmente o bem estar físico geral.


Exemplos e características de Super Alimentos:

Superalimento
(nutriente fornece-
dor em maior quanti-
dade)
AntioxidantesClorofilaFibraÓmega 3, 6 e 9Proteina
Exemplos:Açaí, Erva de
Cevada, Spirulina
Erva de Trigo, SpirulinaChia, Goji, SpirulinaCânhamoSpirulina
Propriedades dos constituintes:Prevenção do
envelhecimento e
desenvolvimento
de doenças degenerativas
Promoção
do bom funcionamento
do metabolismo das
gorduras e
intervenção
nos processos de desintoxicação
naturais do
organismo
Promoção do
normal funcionamento gastrointestinal
Têm benefícios a
nível do sistema
cardiovascular e é
fornecedor de proteína de origem vegetal

Apesar de não substituírem uma alimentação regrada e equilibrada nutricionalmente, estes alimentos poderão ser muito benéficos para quem procura complementar e variar a sua alimentação. Eles são muito versáteis, podendo ser introduzidos na alimentação na forma toppings para panquecas/crepes, a sumos, batidos, sopas ou de saladas.

O metabolismo pode ser definido de forma simples como o processo que ocorre no nosso organismo e que permite o gasto energético. Por vezes surge a sua associação face ao processo de emagrecimento, isto é, se ele funcionar de forma mais “acelerada” haverá uma maior eficiência no fornecimento de energia através do recurso às reservas de energia. Mas haverão alimentos que o poderão promover? Sim, as substâncias termogénicas. Estas induzem o corpo a gastar certa quantidade de energia durante o processo digestivo.

O efeito térmico destes compostos varia de acordo com o tipo de macronutriente em questão: Os hidratos de carbono e as proteínas gastam mais energia que as gorduras, por exemplo.


O efeito termogênico dos alimentos varia com a composição da dieta, sendo maior após o consumo de carboidrato e proteína do que após o de gordura. A gordura é metabolizada eficientemente com apenas 4% de perda, comparada a 25% de perda quando o carboidrato é convertido em gordura para armazenamento.
Deste modo enumera-se como principais alimentos e compostos termogénicos : a pimenta Caiena, a mostarda, o gengibre, vinagre de maçã,, cafeína, guaraná, guaraná em pó, chá verde, Ômega-3 ou o CLA ( Ácido Linolêico Conjugado). Estes compostos podem desta forma serem introduzidos na alimentação diária ou introduzidos no dia a dia através do recurso à suplementação.

Comments

A informação contida neste artigo diz exclusivamente respeito à opinião do autor.

Acerca de Silvia Coelho

Silvia Coelho
Licenciada em Dietética e Nutrição com especialização em Nutrição Desportiva, exerce a sua atividade laboral essencialmente em ginásios e centros de treino personalizado. Tem larga experiência no acompanhamento de atletas de elite e recreativos de todas as faixas etárias. Nome profissional e o n° da cédula: Sílvia Costa Coelho 3756N

Ver também...

Alimentação Pré Treino

O que comer antes do treino? Se tens dúvidas a esse respeito, este texto é ...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *